PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Mundial? Com torcida? Mês que vem? É League of Legends na China

Leo Bianchi

07/08/2020 08h00

Imagem promocional do campeonato mundial de League of Legends que será realizado em Xangai, na, China em setembro deste ano. Final será em estádio para 33 mil pessoas (Divulgação/Riot)

Em meio às dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus, as produtoras de games que são modalidades de esporte eletrônico têm se adaptado da melhor forma para manter os torcedores entretidos e as organizações em atividade. O ecossistema segue girando. Um anúncio por parte da Riot Games, na última semana, deixou os fãs ainda mais empolgados e passou uma mensagem de otimismo: sim, o Worlds, Mundial de League of Legends, acontecerá em formato presencial em setembro deste ano.

O evento acontecerá na China. Normalmente, a empresa espalha os jogos da Fase de Entrada, dos playoffs e de semifinais e a grande decisão por quatro cidades. Porém, desta vez, para preservar a saúde e a segurança dos fãs, de jogadores profissionais e de todos os responsáveis pela realização do Mundial, tudo será concentrado em Xangai, evitando deslocamento e aumentando a capacidade de controle por parte das estafes.

– "O Campeonato Mundial representa o ápice dos eSports de League of Legends, e as equipes não estão poupando esforços para que todas as medidas sejam adotadas para garantir a saúde de todos os envolvidos no evento" – disse John Needham, diretor geral de eSports da Riot Games.

– "Estamos monitorando de perto o impacto da COVID-19 junto às autoridades locais e nacionais e aos consultores de risco e segurança, e continuamos seguindo as orientações de organizações de saúde de todo o mundo" – afirmou Nicolo Laurent, CEO da empresa.

O Worlds 2020 já era visto como um evento para marcar história pela Riot, uma vez que se trata da décima edição do torneio. Tendo como últimos dois campeões justamente equipes chinesas (Invictus Gaming e FunPlus Phoenix), a realização do campeonato no país asiático é estratégica: de acordo com os executivos, "para festejar a riqueza dos eSports e da herança cultural do país-sede".

Além disso, já foi anunciado que, pelo fato de o evento ter sido prejudicado em sua logística por conta da pandemia do coronavírus, em 2021 o Worlds acontecerá novamente na China para, em 2022, voltar aos Estados Unidos. Isso passa uma mensagem não só sobre a força que o país asiático vem criando no cenário competitivo do game, em audiência e desenvolvimento, mas também sobre como a empresa é capaz de "subir o sarrafo" diante da concorrência.

Fazer o Mundial sair do papel não era algo esperado. Pelo contrário. O MSI, principal evento internacional do primeiro semestre, já havia sido cancelado. Todos os protocolos e cuidados que a Riot terá de tomar devido ao coronavírus para colocar, in loco, pessoas de dezenas de diferentes países, é algo desafiador.

A final do Mundial de League of Legends em 2017, na China, lotou o estádio olímpico de Pequim. Naquela edição, a província de Wuhan – epícentro do Coronavírus, também recebeu jogos da competição (Divulgação/Riot)

Existe o perigo de novas contaminações de Covid por conta da magnitude do evento (que além de estrangeiros, vai contar com aglomeração de público nas arquibancadas). Embora o cenário da doença na China esteja controlado, ainda assim, é uma decisão ousada. O que por outro lado, serve de alento para outros eSports e modalidades esportivas tradicionais. Se a Riot conseguir realizar um evento seguro desse tamanho pode criar um protocolo de sucesso para o mundo. Será um exemplo não só para o esporte eletrônico, mas para a sociedade. Vamos torcer por isso!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre o Autor

Leo Bianchi é jornalista, já foi repórter e apresentador do Globo Esporte. É apaixonado por competição e já cobriu Copa do Mundo, Fórmula 1, UFC e mundiais de CSGO, R6, FIFA, Just Dance e Free Fire. Também é youtuber e Pro Player frustrado.

Sobre o Blog

No GGWP você encontra análise dos cenários competitivos no Brasil e no mundo, além dos bastidores do universo envolvendo times, pro-players e novidades em geral.